ARCIL – Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã

 

Impacto

Promover a ocupação e o desenvolvimento de competências profissionais de pessoas com deficiência

BI

A ARCIL nasceu em 1976, pela motivação de uma técnica de serviço social e um grupo de pais que procurava criar uma resposta para crianças com deficiência, numa altura em que os serviços que existiam eram escassos, pouco especializados e localizados apenas nos grandes centros urbanos. A partir de um conjunto de crianças sinalizadas que se encontravam em casa sem qualquer intervenção especializada, foi criada a ARCIL, que hoje tem uma vasta experiência em projetos ligados à ocupação de crianças, jovens e adultos com deficiência e incapacidade ou doença mental.

Diagnóstico e solução

O Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da ARCIL apoia pessoas com deficiência e incapacidade, com reduzida capacidade de trabalho, que necessitam de uma atividade ocupacional estruturada e contínua. Estas pessoas têm vindo a desenvolver algumas atividades, de carácter pontual, no âmbito da reciclagem e a ARCIL gostava de utilizar essa experiência para criar uma resposta ocupacional nesta área que abranja cerca de 20 pessoas com deficiência ou incapacidade, tendo como parceiros no projeto o comércio e empresas locais, o Município da Lousã e uma empresa regional de tratamento de resíduos.

Com o projeto RECINCLUSA, a ARCIL vai criar um espaço para triagem, compactação e embalamento dos resíduos recicláveis que são erradamente colocados junto dos contentores de resíduos indiferenciados. Os resíduos serão posteriormente vendidos à empresa de reciclagem para valorização e parte do valor recebido será investido em produtos de apoio para pessoas com deficiência que são acompanhadas no âmbito das atividades da ARCIL.

O apoio do Prémio Fidelidade Comunidade vai permitir comprar uma viatura para o transporte dos resíduos, uma prensa e uma empilhadora, que servirão para recolher e apoiar na valorização dos resíduos recolhidos pelas pessoas com deficiência, sob a orientação de um monitor que acompanhará as pessoas com deficiência envolvidas neste projeto.