CAPITI – Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Infantil

 

Impacto

Prestar apoio clínico especializado  a 120 crianças e jovens  em situação de vulnerabilidade  social e económica

BI

A CAPITI assegura que crianças e jovens que sofrem de perturbações  do neurodesenvolvimento tenham acesso a apoio clínico especializado.  Estas crianças e jovens estão inseridas em famílias que não têm  condições para pagar os tratamentos, que têm custos elevados, e  precisam de acompanhamento personalizado e continuado. Iniciou a  sua atividade em 2017, com um projeto piloto na zona da Grande Lisboa,  e até ao momento foram apoiadas 44 crianças de famílias carenciadas,  com consultas e tratamentos na clínica parceira PIN.

Diagnóstico e solução

Hoje, a CAPITI tem equipas de voluntários e parceria com quatro clínicas,  que permitiram alargar a sua atividade para o Porto, Algarve e Coimbra.  Este crescimento vai permitir ajudar mais crianças e jovens a conseguir  acesso a consultas e tratamentos, mas a CAPITI precisa de libertar a  equipa de gestão, composta por voluntários, para conseguir responder  de forma atempada aos pedidos de apoio, organizar os processos  internos e manter a informação atualizada para garantir o sucesso das  ações de angariação de fundos, para que mais crianças e jovens possam  ser apoiados.

O apoio do Prémio Fidelidade Comunidade vai permitir contratar uma  assistente social para avaliar os pedidos de apoio, manter o contacto  com as clínicas e IPSS parceiras, encaminhar e acompanhar as crianças,  monitorizar resultados e reportá-los aos mecenas/padrinhos destas  crianças. Vai ainda ser possível contratar um técnico administrativo para  garantir o registo de toda a informação das áreas e manter indicadores  atualizados. A CAPITI espera chegar às 100 crianças apoiadas até ao final  de 2019 e chegar às 120 em 2020.